Papa: com o amor não se brinca!

 

Ao falar sobre a fidelidade, Francisco fez um alerta sobre a falsa preparação para o matrimônio

5-web3-am102418-pope-francis-audience-october-24-2018-antoine-mekary-aleteia-i-media-am_7761Na Audiência Geral de 24 de outubro de 2018, o Papa falou sobre o sexto mandamento: não cometer adultério. E pediu uma preparação madura ao sacramento do matrimônio, “um verdadeiro catecumenato”.

Amar sem reservas

O Papa afirmou que nenhuma relação humana é autêntica sem fidelidade e lealdade. Isso vale também para as amizades.

“Não se pode amar somente até quando convém. O amor se manifesta quando se doa totalmente sem reservas”, disse o Santo Padre.

Para Francisco, a fidelidade é a característica da relação humana livre, madura e responsável. O ser humano necessita ser amado sem condições. Por isso, a chamada à vida conjugal requer um discernimento cuidadoso sobre a qualidade da relação e um período de noivado para verificá-la.

Com o amor não se brinca

O Papa disse que as pessoas “apostam toda a vida no amor. E com o amor não se brinca”. Por isso, o pontífice alertou que a preparação para o matrimônio deve ser feita de maneira cuidadosa:

“Não se pode chamar de preparação três ou quatro conferências realizadas na paróquia. Isso não é preparação, é fingir uma preparação. A responsabilidade de quem faz isso recai sobre o pároco, o bispo, que permite essas coisas. A preparação deve ser madura e precisa de tempo. Não é um ato formal, é um sacramento. Deve ser preparado com um verdadeiro catecumenato. ”

Francisco ainda fez questão de dizer algo importante sobre a fidelidade:

“A fidelidade, de fato, é um modo de ser, um estilo de vida. Trabalha-se com lealdade, fala-se com sinceridade, permanece-se fiel à verdade nos próprios pensamentos e ações”.

Mas, para se chegar a uma vida assim, o Papa lembrou que não basta a nossa natureza humana; é preciso que a fidelidade de Deus entre na nossa existência”

“Em Deus, e só Nele, é possível existir o amor sem reservas nem reticências, a doação completa sem interrupções e a tenacidade de um acolhimento sem medida.”

Vatican News

 

Check Also

4-esluso

PAPA: CUIDAR DOS NOSSOS IRMÃOS DOENTES ABRE O NOSSO CORAÇÃO

Nesta segunda-feira, 1º de outubro, o Papa Francisco recebeu os participantes do IV Seminário de …